Dentre os vários idiomas falados no mundo, o espanhol se destaca como a segunda língua mais falada no mundo e a primeira mais falada nas Américas. Também conhecida como ‘Castelhano’, a língua já sofreu diversas variações ao longo do tempo e de região para região, os chamados dialetos oriundos do espanhol.

O alfabeto espanhol pode parecer bastante similar ao português, já que ambos são derivados do alfabeto latino, entretanto o espanhol possui algumas peculiaridades. Muitas vezes, a familiaridade pode causar confusão durante a tradução. Pois há palavras que são escritas exatamente como algumas palavras em português, mas apresentam significados distintos.

Suas vinte e nove letras são do gênero feminino; a letra ‘ñ’ tem sua pronúncia equivalente ao ‘nh’; não existe o uso do dígrafo ‘ss’, porém o ‘s’ tem o mesmo som equivalente ao ‘ss’ do português; a letra ‘z’ possui pronúncia semelhante ao ‘ss’.

alfabeto-espanhol-pronunciaEm espanhol as palavras se dividem em:

  • monossílabos - ex. dos
  • dissílabos - ex. hombre: (hom – bre)
  • trissílabas - ex. sorpresa: (sor – pre – sa)
  • tetrassílabas - ex. golondrina: (go – lon – dri – na)

Algumas pronúncias específicas:

CH – se fala ‘tche’
RR – se fala o R bem carregado como o R de CaRla. Força-se a pronúncia deste erre.
LL – semelhante a dizer “eide”
V – Em espanhol a letra ‘v’ se pronuncia ‘be’
Ñ – se diz ‘enhe’

História


A Península Ibérica sofreu inúmeras invasões; a língua espanhola se formou da junção das diversas línguas e dialetos que por lá passaram. A base do alfabeto está no dialeto medieval falado em Castilha (séc. XI) procedente do Latim, que pouco a pouco se expandiu por todo o território, somando-se ao ibero, vasco e ao celta.

Durante este período de desenvolvimento, o espanhol sofreu também as fortes influências do alfabeto grego, da língua germânica e do árabe, especialmente no que tange a sua riqueza vocabular. Atualmente, o espanhol conta com enorme diversidade de pronúncia, variando conforme a região geográfica da Espanha ou de qualquer outro país latino americano de colonização espanhola.

O idioma é falado oficialmente por vinte países, na América por aqueles colonizados por espanhóis e na Europa apenas na Espanha. No país europeu convivem simultâneamente cinco diferentes idiomas: Catalán (Cataluña), Gallego (Galicia), Bable (Asturias), Vasco (País Vasco).